ANEDOTAS COM LOIRAS!
 

Um general dirige-se a uma loira e pergunta-lhe:
- Aceita a minha companhia por 10 Euros?
- Sim!
Grita o general:
- Companhiiiiiiiiiia avançar!!!!!!!!!!!!!!

A loira está no restaurante. Ela chama o garçom e, quando ele se aproxima, fala baixinho no ouvido dele:
- Onde é o banheiro?
O garçom responde:
- Do outro lado.
A loira aproxima-se do outro ouvido do garçom e repete a pergunta:
- Onde é o banheiro?
(Colaboração de Cesária Correia)

Duas loiras estão no estacionamento do shopping conversando animadamente. De repente, uma olha para cima e vê um helicóptero parado no ar!!
- Olha, um helicóptero parado no ar!!!
E a outra:
- Nossa!! Será que acabou a gasolina??
(Colaboração de Cesária Correia)

A loira vai fazer curso de catequese na igreja. Numa das aulas o padre pergunta-lhe:
- Quem foi o primeiro homem?
E a loira:
- Ah, professor... isso eu não posso dizer!!
(Colaboração de Cesária Correia)

Uma loira, de férias no litoral, vai à praia p'ra se bronzear. Deita-se na areia, adormece e quando
acorda vê uma graciosa africana ao lado dela, a apanhar sol.
- Oiça, há quanto tempo é que está cá?
- Dois dias.
- Credo!!! E eu que era p'ra ficar quinze dias!!!

Uma loira vê a identificação no lado esquerdo do peito de uma recepcionista, e diz  curiosa!  

- Cristina?... que engraçado! E que nome destes à outra???


Uma loira ia no carro com o namorado e começa a ver muita gente na rua, então pergunta:
- Quem é esta gente, mor?!
-- Não sei mor, mas parece uma manifestação!
- Uma manifestação, mor?!!!
-- Sim mor, uma manifestação!
- Uma manifestação porquê, mor?!!!
-- Não sei, talvez por Timor!
- Por mim mor?! QUE QUERIDOS!!!

Duas loiras encontram-se, uma diz para a outra:
- Achas que posso tomar a pílula com diarreia?
A outra responde:
- Podes, claro... mas porque não experimentas com água?

(Colaboração de Rosa Fernandes)

 

Uma loura chega à pastelaria e pede:
- Queria um pastel de nata. Quentinho...
 

  O empregado:
- Que sorte tem a menina, acabaram de sair!
 
- Oooh! E quando voltam?

Perguntas e respostas...
P. O que é  uma loira com o cabelo pintado de preto?
R. Inteligência artificial.

P. Porque razão estava uma loira a arrancar árvores?
R. Estava fazendo os trabalhos de casa! Achar a raiz quadrada.

P. Porque é que as loiras andam na rua com shampoo  no cabelo?
R. Porque o shampoo diz "Wash and Go".

P. O que obténs quando ofereces a uma loira um cêntimo pelos pensamentos dela?
R. Troco de 1 Euro.

P. O que aconteceu à raposa loira  que ficou presa por uma pata numa armadilha?
R. Roeu as outras 3 patas e continuou presa.

P. Porque é que a loira  pôs  o dedo entre o prego e o martelo?
R. O barulho estava-lhe a dar uma dor de cabeça.

P. Como se faz para uma loira aparecer sorridente segunda feira de manhã?
R. Conta-se-lhe uma anedota na sexta feira à noite.

P. Qual é a diferença  entre uma loira e um computador?
R. No computador só é necessário colocar a informação uma vez.

P. O que é que uma loira diz quando vê uma casca de banana no chão?
R. Ai! Lá vou eu cair outra vez.

P. Sabem porque é que uma loira fica super feliz quando acaba um puzzle em 6 meses?
R. Porque na caixa diz, de 2 a 4 anos!!!

Uma loira está preocupada, pois acha que o marido tem um caso. Vai a uma loja de armas e compra uma. No dia seguinte, ao voltar para casa, encontra o marido na cama com uma ruiva espectacular. Ela aponta a arma para a própria cabeça. O marido pula da cama, implora e suplica que ela não se mate. Aos berros a loira explode:
- Cala a boca cafajeste... a seguir és tu!

Uma loira com as orelhas vermelhas vai ao médico, que lhe pergunta o que aconteceu.
- Estava a passar uma blusa a ferro quando o telefone tocou - explica - mas em vez de pegar no auscultador, distraí-me e encostei o ferro à orelha.
Incrédulo, o médico exclama!
- Valha-me Deus! Mas, então, o que aconteceu à outra orelha?
- O filho da mãe voltou a ligar!

Uma loira chega ao trabalho num pranto.
- O que se passa? - pergunta-lhe o patrão.
A minha mãe morreu - diz a loira a soluçar.
- Os meus sentimentos - diz o patrão - olhe, vá para casa, descanse.
- Não - replica a loira - se for para casa é pior! Se ficar aqui ao menos não penso nisso.
Passado umas horas, o patrão repara que a loira está a chorar compulsivamente. Preocupado, diz-lhe o patrão.
- Sente-se bem?
- Não - responde a loira - acabo de falar ao telefone com a minha irmã que me disse que a mãe dela também morreu.

Uma loira pediu uma pizza, e o empregado perguntou-lhe:

- Quer cortada em 6 ou 12 fatias? 
- Em 6, por favor! - respondeu a loira - Não consigo comer 12!

Duas loiras encontram-se no céu e pergunta uma à outra..
- Como é que morreste?
- Congelei!
- Ai que horror!!! Deve ter sido horrível! Mas diz-me, como é que é morrer congelada?
- É muito desconfortável ao princípio por causa dos arrepios! Mas depois começamos a ficar dormentes e... deixamo-nos ir, como se estivéssemos a dormir. Então e tu, de que é que morreste?
- Eu? De ataque cardíaco! Sabes, eu desconfiava que o meu  marido me andava a trair e, um belo dia, cheguei a casa mais cedo. Corri até ao quarto e lá estava ele na cama a ver televisão! Desconfiada, corri até à cave para ver se lá estava alguém escondido, mas não encontrei ninguém! Depois corri até ao segundo andar, mas também não vi vivalma. Então, corri ainda mais para o sótão e, ao subir as escadas tive um ataque cardíaco e caí morta.
- Oh, que pena!... Se tivesses ido primeiro à arca frigorifica, ainda hoje estávamos vivas...
(Colaboração de Rosa Fernandes!)