ANEDOTAS CONJUGAIS!
 

 «Uma mulher vê-se ao espelho e diz ao marido: - Estou tão feia, tão gorda e tão mal feitinha. Preciso de um elogio... E o marido responde: - Tens muito boa visão...»

 

Marido e mulher estavam a jantar num restaurante de luxo, a comemorar vinte anos de casados! Nisto entra uma rapariga absolutamente fantástica, dirigiu-se à mesa deles, deu um beijo apaixonado no marido e disse:

- Vemo-nos mais tarde, tá meu bem! - e foi-se embora.

A mulher fitou o marido, furiosa, e perguntou:

- Quem diabo é aquela lambisgoia?

- Oh! É a minha amante! - respondeu o marido com a maior das calmas.

- Ai é?! Pois então fica sabendo que esta foi a última gota de água  - disse a mulher. - Para mim chega... quero o divórcio!

- Compreendo - respondeu o marido - mas, lembra-te, se nos divorciarmos acabam as compras em Paris, os Invernos na República Dominicana, os Verões em Itália, os Porshes na garagem e o iate na marina... no entanto, a decisão é tua!

Nesse momento entrou um amigo do casal no restaurante com uma loura estonteante!

- Quem é aquela mulher que entrou com o Bernardo? - Perguntou a mulher.

- É a amante dele - respondeu o marido.

- A nossa é mais bonita, não é Eduardo?!

 

Uma segunda opinião!
Briga feia do casal durante o café da manhã! No meio dela o marido sai, já atrasado, para o trabalho... e grita da porta:

- E fique sabendo!!! Nem na cama você é boa!!!!!!!

Passado um tempinho, depois que chega ao trabalho, arrepende-se e liga para casa para pedir desculpas...

A mulher demora um bocado a atender.

- Por que é que demorou tanto para atender?

- Eu? Estava na cama... - responde ela.

- Na cama fazendo o quê, a uma hora destas?

- Ouvindo uma segunda opinião...

Paz Conjugal!
Um casal foi entrevistado num programa de televisão, porque estavam casados há 50 anos e nunca tinham discutido! O repórter curioso pergunta à mulher:
- Mas vocês nunca discutiram mesmo?
- Não - respondeu a mulher.
- Como é possível isso acontecer?
- Bem... eu explico: quando casámos o meu marido tinha uma égua de estimação. Era a criatura que ele mais amava na vida. No dia do nosso casamento, fomos de lua-de-mel na nossa carroça puxada pela égua. Andámos alguns metros e a égua, coitada, tropeçou. O meu marido olhou bem para a égua e disse:
- Um! - Mais alguns metros e a égua tropeçou novamente. O meu marido olhou para a égua e disse:
- Dois! - Na terceira vez que ela tropeçou, ele sacou da espingarda e deu uns cinco tiros na bichinha. Eu fiquei chocada e disse-lhe:
- Seu cruel desalmado, porque é que fizeste uma coisa dessas? - O meu marido olhou fixamente para mim e disse:
- Um! - Depois disso nunca mais discutimos!

(Colaboração de Sandra Sousa)

 

Sexo a Três
Num bar, o sujeito encontra uma bela morena, amiga de sua mulher.  Ela chega toda insinuante, e diz:
   - Posso fazer uma pergunta?
   - Claro!
   - Fazer sexo a três está entre suas fantasias?
   E o homem, empolgado:
   - Claaaaaro!!!!
   A morena não se faz de rogada:
   - Então, corra para sua casa que talvez ainda dê tempo...

 

Caso veridico nos E.U.A. 
Um homem foi trazido perante o juiz e acusado de ter feito sexo com um cadáver feminino!
Disse o juiz:
- Em 20 anos de magistratura, nunca ouvi uma coisa tão nojenta e imoral. Dê-me uma única razão para eu não pô-lo na cadeia!
- Vou lhe dar não uma, mas TRÊS boas razões:
1º - Não é da sua conta;
2º - Ela era minha esposa;
3º - Eu NÃO SABIA que ela estava morta; ela SEMPRE agia assim!

O Juiz pasmo, ditou a sentença:
- ABSOLVIDO!!!
(Colaboração de Cesária Correia)

 

O VIBRADOR
O casal estava casado há  20 anos e todas as vezes que faziam sexo, o marido sempre insistia em manter as luzes apagadas. Mas depois de 20 anos, a esposa sentiu que aquilo era idiota. Ela pensou que poderia quebrar esse hábito louco do marido.
Então, numa noite enquanto estavam no meio da "festa", ela acendeu as luzes, olhou para baixo e viu que seu marido estava segurando um vibrador. Completamente enlouquecida, gritou para o marido:
- Seu filho-da-mãe... impotente!!!! Como tivestes coragem de me mentir todos estes anos? É melhor tu te explicares... e já!
O marido olha-a nos olhos e calmamente diz:
- Eu explico o vibrador se tu me explicares como é que tivestes as crianças que nasceram estes anos todos.

(Colaboração de Cesária Correia)

 

A velhinha pergunta ao marido moribundo:
- Meu bem, depois de 40 anos de casado, satisfaz-me uma curiosidade:
- Tu já me traistes alguma vez?
-  Sim, querida! Uma única vez! Lembras quando eu trabalhava na Nestlé, e
tinha uma secretária chamada Margarida?
- Sim, me Lembro!
- Pois é, aquele corpo já foi todinho meu!
E após alguns segundos, ele pergunta:

- E tu, minha velha, já me traistes alguma vez?
- Sim, meu bem! Uma única vez! Lembras-te quando a gente morava na Vila Andrade, em frente ao Corpo de
Bombeiros?
- Sim... me lembro!
- responde o moribundo.
- Pois é... aquele Corpo já foi todinho meu!

 

Um casal está passeando na praia, e ela diz no ouvido dele:

- Meu bichaninho... me compra um biquíni, tá!
Ele responde:

- Com esse corpo de máquina de lavar? Nem pensar!
Continuam caminhando, e ela insiste:

- Bom... então compra um vestido para mim... compra?
Ele responde já desgastado:

- Com esse corpo de máquina de lavar? Nem pensar!!
A mulher amuou frustrada! À noite, já na cama, o marido vira para a esposa e diz:

- E aí, mulher... vamos pôr a máquina de lavar à funcionar?
E a mulher, com ar de desprezo, responde:
- Para lavar só esse pedacinho de pano? Ah...! Lava à mão mesmo, que dá menos
trabalho!

 

Um homem sempre troçava da borrice de sua mulher que era loira.
Um dia, sua mulher teve de viajar até França em serviço.
À despedida, no aeroporto, ele no gozo disse:
- Amor, trazes uma francesinha de Paris pra mim?

Ela abaixou a cabeça e embarcou muito chateada. A mulher passou quinze dias 
em França. À chegada, o marido foi esperá-la e com um brilho de malícia nos olhos perguntou:
- Amor, trouxestes a minha francesinha?
Ela respondeu:
- Eu fiz o possível. Agora é só rezar pra nascer menina!

 

O marido estava no seu leito de morte, chamou a mulher e com voz rouca e já
fraca, disse-lhe:
- Meu bem... chega mais perto.... Eu quero... confessar-te uma coisa!
- Não, não...  Sossega e fica quietinho aí. Tu não podes fazer esforços! - respondeu a mulher.
- Mas  mulher... Eu preciso morrer em paz! - insistiu o marido.
- Está bem, está bem!  Diz lá então!
- É o seguinte... Eu andei... com a tua irmã... com a tua mãe, e...   com a tua
melhor amiga!
- Eu sei, eu sei... Foi por isso que eu te envenenei, meu bem! - disse a mulher.


A mulher, prestes a aniversariar os 40 anos, em crise existencial, pede ao marido
um belo presente para amenizar o sofrimento, e dá uma dica:
- Olha, amorzinho, eu quero um presente que vá dos 0 aos 120, em 5 segundos!
Ela ganhou uma balança de banheiro!
(Colaboração de Cesária Correia)

NEGÓCIO ENTRE AMIGAS!!!
Duas amigas conversando:
-"Maria, o que é que me dás em troca do meu marido?"
-"Nada, oh!"
-"OK... Negócio fechado... ele é teu!"
(Colaboração de Cesária Correia)

CUIDADO COM A CHUVA!!!
A mulher está com o amante na cama, quando o marido mete a chave à porta.
-"Depressa, Fernando, sai pela janela que é rés-do-chão".
-"Assim despido? Está a chover e ainda apanho uma pneumonia!"
-"Salta depressa que ele está quase a chegar ao quarto e mata-nos!"
O amante salta e, na rua, encontra um casal a fazer footing. Junta-se a eles correndo. O homem pergunta:
-"Você faz sempre footing assim despido?"
-"É verdade. Não suporto a roupa quando faço desporto".
-"E usa sempre preservativo?!"
-"Ãn?! Glub..Glub... "Nnnão! Só quando chove...."
(Colaboração de Cesária Correia)

Era uma vez um rapaz que pediu a uma rapariga:
- Casas comigo?
A rapariga disse:
- NÃO!
E o rapaz viveu feliz para sempre, e foi à pesca, à caça, jogou golf e bebeu cerveja sempre que quiz!
(Colaboração de Cesária Correia)

O executivo saiu do escritório, sua secretária estava no ponto de ónibus e caía a maior chuva. Ele parou e perguntou:
- Você quer uma carona?
- Claro... respondeu ela, entrando no carro.
 Chegando no edifício onde ela mora, ele parou o carro para que ela saísse e ela o convidou para entrar.
- Não quer tomar um cafezinho, um whisky, ou alguma coisa?
- Não, obrigado, tenho que ir para casa...
 – Imagine! O senhor foi tão gentil comigo, suba um pouquinho só...
Ele subiu, atendendo ao pedido da moça. Ao chegarem lá, ele tomava seu drink quando ela foi para dentro e voltou, toda gostosa e perfumada!
Depois de alguns gorós... quem é que pode aguentar né? Ele caiu, literalmente. Transou com a secretária e acabou adormecendo. Por volta das 4:00hrs. da manhã, ele acordou e olhou no relógio. Levou o maior susto...
Vestiu-se rapidamente, colocou um giz na orelha e foi para casa.
Chegou silenciosamente e a esposa o esperava atrás da porta! Quando ele entrou...
 – Que bonito!!! Onde o senhor estava até agora?
- Aconteceu o seguinte, minha querida: eu saí do escritório e a minha secretária estava no ponto de ónibus e caía a maior chuva. Dei uma carona para ela. Chegando lá no prédio onde ela mora, ela insistiu tanto 
para que eu subisse que eu subi. Bebi demais e acabamos na cama. Eu dormi e acordei agora...
 – Deixa de ser mentiroso, seu cachorro!!! Você estava mas é jogando bilhar com seus amigos até agora! Esqueceu até o giz na orelha!!!
(Colaboração de Rosa Fernandes)

 

Um sujeito no supermercado chega perto de uma garota e diz:

- Não estou encontrando minha esposa! Posso ficar conversando com você por alguns minutos?

-Claro! Disse a garota – mas porquê?
E o sujeito:

- É que sempre que estou conversando com uma garota bonita, minha esposa aparece do nada!
(Colaboração de Rosa Fernandes)

A mulher sai a correr de dentro de casa e grita para o marido:
- Ó Manel, chama depressa um taxi, que o puto engoliu uma moeda de 50 cêntimos!
- Chamar um taxi, eu!!! Tu não estás boa mulher... então eu vou gastar 5 euros num taxi para recuperar 50 cêntimos?

Uma mulher encontra o padre da sua paróquia e diz-lhe:
- Sr. padre o meu marido morreu!
O padre horrorizado:
- O quê? O sr. Januário seu marido faleceu? E você nem me chamou para lhe dar os sacramentos...
- É verdade sr. padre. Foi de repente!
- Mas ao menos fez algum último pedido?
- Fez sim, sr. padre. Ele disse: Ó Maria larga a espingarda!

Um homem chega à noite à casa e a mulher recebe-o com um brilho de felicidade nos olhos. Embevecida  diz pra ele:
- Olá, meu amor! Como foi o teu dia? Trabalhastes muito? Sabes, tenho uma coisa para te dizer!
O Homenzinho desconfiado pensou: bom, esta quer qualquer coisa!
- Diz lá querida. Queres uma roupa nova? Uns sapatos? Um casaco novo?
- Não querido...è outra coisa! Brevemente vamos ser três nesta casa!!
O Homem mais aliviado diz:
- Ohhh, meu amor, afinal é isso! Mas que felicidade! Temos de comemorar! Mas... diz-me: quando foi que soubestes?
- Olha foi hoje...Recebi este telegrama que diz: "Minha querida filha. Espero chegar aí amanhã. Tua mãe com saudades!"

Uma mulher foi transferida para trabalhar para outra cidade.
 Depois de poucos dias ela manda um telegrama enigmático ao marido dizendo:
- Suplico envio de documentos urgentes para divórcio, encontrei
companheiro ideal. Tem as caracteristicas do novo Vectra da Opel!
O marido corre desesperado a um concessionario Opel e pergunta ao vendedor quais
são as novas caracteristicas do novo Vectra.
Diz o vendedor:
- Tem um motor mais potente, é mais comprido e mais longo, portanto mais
rápido na subida, é mais bonito, mantém potencias altas por mais tempo, tem
força de 16 cavalos e não bebe muito!
O marido compreende imediatamente o que a sua mulher quis dizer, e duas
semanas mais tarde é ela que recebe um telegrama do marido:
- Mandei os papeis para o divórcio, assine rápido, também encontrei
companheira ideal, reune as carateristicas do novo Jeep Cherokkee!
A mulher tomada de curiosidade vai a um stand Jeep e pergunta sobre o
novo Jeep, ao que o vendedor responde:
- É mais resistente, suporta mais peso, tem lubrificação automática, a
carroçaria nova é mais arredondada, o design é mais bonito e o interior
mais confortável, possui duplo airbag de tamanho grande, é mais
silencioso, não vaza óleo, o consumo é aceitável, e melhor de tudo... aceita
engate na traseira...

  (Colaboração de Rosa Fernandes)

Um casal viajava em seu carro com destino ao Alentejo. Em casa, em Lisboa, tinham tido uma tremenda  discussão por causa daquela visita aos pais da mulher! De modos que aquela viagem mais parecia um velório. Ao fim de mais de 3 horas calado, o homem procurava um pretexto para atingir a casmurra da mulher! Quando, nisso avistam um curral com dois suculentos porcos... O homem, esfrega as mãos e diz sarcástico:
- São os teus familiares?
- Sim... São os meus sogros. 

A meio da noite a mulher acorda o marido:
- Acorda, acorda filho. Não ouves barulho na cozinha?
- O que foi filha? Eu cá não ouço nada! Deixa-me dormir!
- Olha... outra vez! Vai lá depressa antes que o ladrão leve tudo!
- Ir lá eu? Vai lá tu!
- Só serves para dormir... já não se fazem homens como antigamente!
A mulher inquieta, levanta-se e pé-ante-pé, vai a cozinha e vê um homem a comer!
- Olha lá filho, está um homem a comer os restos do jantar! Telefona já pra polícia!
- Ele está a comer os restos do teu guisado? Deixa-o acabar... de manhã telefonamos para o cangalheiro!

Casada com um pinguço incurável, a pobre mulher vivia atormentada da vida. Resolveu procurar um psicólogo para desabafar, e ouviu dele o seguinte conselho:
- Compreenda seu marido. Procure tratá-lo com muito carinho e afeto. Desta forma você e ele verão a origem dos problemas se revelando, e poderão trabalhar juntos no processo de recuperação. 
Nessa noite ela recebeu o porrista em casa, cheia de chamegos e afectos. Ofereceu água gelada, café amargo, tirou-lhe a camisa fedendo a álcool e tentou fazê-lo descansar.
- Vá pra cama, meu amor. Já está tarde e você está muito cansado...
Entre um arroto e outro, o homem, bêbado como um gambá, ajoelhou-se aos pés da mulher e implorou:
- Não! Por favor, meu amor! Me deixe ficar aqui mais um pouquinho! Você não conhece a mocréia cruel que está me esperando em casa!!!