ANEDOTAS COM BÊBADOS!

1) Um homem chegou no bar e gritou:
- Me vê uma pinga aí!
O balconista encheu o copo e advertiu:
- Aqui, todo mundo que toma pinga joga um pouco no chão e oferece pro santo!
O freguês fez um "manguito" com o braço, e falou:
- Pro santo eu dou isto!
No mesmo instante, o braço do cara endureceu de tal forma que não se mexia.
- O que aconteceu? Acudam! - gritou o homem, desesperado.
- O senhor ofendeu o santo e ele o castigou. Mas como é a primeira vez que o senhor vem ao bar, vou resolver isso.
O balconista chamou todos os fregueses e pediu que rezassem. Aos poucos o braço do sujeito foi voltando ao normal.
Um velhinho viu tudo e ficou impressionado. Foi ao balconista e pediu uma pinga. Tomou tudo de uma vez.
O balconista perguntou:
- E pro santo?
O velhinho baixou as calças, tirou o danado pra fora e disse:
- Aqui pro santo, ó!
O danado endureceu na hora.
O velhinho sacou uma arma e gritou:
- Se alguém rezar aqui, eu mato!
(Colaboração de C.Correia)

2) Um cara chegou ao trabalho todo de porre e trancando as pernas! O chefe  chegou e falou pra ele...
- Porra que história é esta... que te aconteceu pra estar neste estado?
E o bêbado respondeu.
- A culpa é do Doutô... Foi o Doutô que fez isso...
- Mas como assim? O médico?!
- Eu fui ao doutô, pra ele ver meu olho que doía!  Ele me examinou, e disse pra mim comprar uns negócios... Escreveu num papel... Eu não entendi muita coisa... era uma letra ruim... Mas li lá embaixo dos garranchos... E pinga três vezes ao dia!

3) Um bêbado foi fazer alguns exames médicos.
Terminada a primeira etapa, o doutor, preocupado com o estado do paciente, pergunta:
— O senhor bebe?
E o homem sem pensar duas vezes:
— Pode colocar duas doses!

4) Um grande apreciador de copos (cheios, é claro!) foi ao médico, acompanhado de sua mulher. - Éh... doutor, sinto náuseas, dores no corpo, boca seca, e etc...
- Você fuma ?
- Muito, doutor! Uns cinquenta cigarros por dia...
- Aí está o problema! - interrompeu o médico consternado - Pare de fumar imediatamente e voltará a ter uma saúde de ferro...agora pode ir. 
Já fora do consultório a sua mulher o interpela: - Olha lá... Tú nunca fumaste um único cigarro. Por que a mentira?
- Se eu dissesse que não fumava ele iria perguntar se eu bebia ... e aí adeus cachaça, vinhos, cervejas ...

5) Um bêbado queria dançar!
Começou a música e o bêbado levantou-se, trocando as pernas. Cambaleante, dirigiu-se até junto de um longo e coleante vestido preto e pediu:
- Hic... hic...A madame...hic... me dá o prazer...hic,hic... desta dança? hic...
Do vestido preto saíu uma voz:
- Não... por três motivos. Primeiro, o senhor está bêbado! Segundo, porque não se dança o Hino Nacional! E terceiro, porque madame é a sua tia!!! Eu sou o vigário desta paroquia!
(Colaboração de Elizabete Queirós)

6) Sabe qual é o maior castigo para um bêbado casado??? 
Ver a sogra em duplicado!!!

7) Casada com um pinguço incurável, a pobre mulher vivia atormentada da vida. Resolveu procurar um psicólogo para desabafar, e ouviu dele o seguinte conselho:
- Compreenda seu marido. Procure tratá-lo com muito carinho e afeto. Desta forma você e ele verão a origem dos problemas se revelando, e poderão trabalhar juntos no processo de recuperação. 
Nessa noite ela recebeu o porrista em casa, cheia de chamegos e afetos. Ofereceu água gelada, café amargo, tirou-lhe a camisa fedendo a álcool e tentou fazê-lo descansar.
- Vá pra cama, meu amor. Já está tarde e você está muito cansado...
Entre um arroto e outro, o homem, bêbado como um gambá, ajoelhou-se aos pés da mulher e implorou:
- Não! Por favor, meu amor! Me deixe ficar aqui mais um pouquinho! Você não conhece a mocréia cruel que está me esperando em casa!!!